Escopo de Projeto

Este tutorial tem como objetivo apresentar ao parceiro um conceito de Escopo de Projeto e um modelo de documento que pode ser utilizado.

Este tutorial tem como objetivo apresentar ao parceiro o conceito de Escopo de Projeto e disponibilizar um modelo de documento que pode ser utilizado.

Você sabe o que é Escopo de um Projeto?

O escopo do projeto é todo o trabalho necessário para se obter um produto, serviço ou resultado. Ele reúne informações relevantes sobre o projeto, como: objetivos específicos, entregas, tarefas, responsabilidades, prazos e custos. Além disso, estabelece os limites do projeto e os critérios de validação e aceitação das entregas.

O escopo do projeto deve conter o trabalho necessário - e somente o necessário - para que o projeto seja entregue com sucesso. Entregar mais do que o cliente pediu recebe o nome de Gold Plating, uma prática arriscada e que pode gerar riscos ao projeto!

Defina seu Escopo de Projeto

1. Levantar os requisitos do projeto
Nesta etapa são levantadas as exigências que o produto, serviço ou resultado deve atender para satisfazer às necessidades do cliente. É importante ter em mente que não é tão simples assim diferenciar aquilo que o cliente realmente precisa daquilo que é apenas um desejo dele.

2. Descrever o trabalho do projeto
A partir dos requisitos levantados na etapa anterior, já podemos descrever melhor o trabalho que será realizado no projeto e montar uma Declaração Detalhada do Escopo. Este documento descreve o que faz parte do projeto (escopo) e o que não faz parte do projeto (não escopo), proporcionando um entendimento comum entre os stakeholders. Para facilitar, disponibilizamos um modelo de escopo para download.

3. Montar a Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
A Estrutura Analítica do Projeto (EAP) ou Work Breakdown Structure (WBS) é a decomposição do projeto em partes menores, mais facilmente gerenciáveis. Nesta etapa, você vai se valer do Cronograma de Projetos.

4. Validar e controlar o escopo de projeto
Por fim, é preciso formalizar a aceitação das entregas entre os stakeholders. Isso permitirá dar início aos trabalhos, e consequentemente ao monitoramento da execução do projeto. Este monitoramento é essencial para garantir que o projeto esteja aderente à sua linha de base. Caso não esteja, serão iniciadas ações corretivas para contornar os obstáculos.


Did this page help you?